Você sabia? Casapueblo - Punta del Este

Casapueblo é a antiga casa de verão do artista plástico e arquiteto uruguaio Carlos Páez Vilaró, atualmente uma cidadela-escultura que inclui um museu, uma galeria de arte e um hotel chamado Hotel Casapueblo ou Club Hotel Casapueblo, que fica dentro da estrutura. Está localizada em Punta Ballena, próximo de Punta del Este, no Uruguai.

Construída ao redor de uma casa de lata chamada La Pionera (Da Pioneer), foi o arquiteto Carlos Páez Vilaró quem a desenhou, com um estilo semelhante ao das casas da costa mediterrânea de Santorini. Mas, o arquiteto geralmente referia-se ao forneiro, um pássaro típico do Uruguai, para explicar o tipo de construção.

 A estrutura tem também um restaurante, chamado Las Terrazas (Os Terraços), que segue o estilo da construção original e oferece um saboroso cardápio internacional. Apresenta também uma homenagem a Carlos Miguel (filho do artista), um dos dezesseis uruguaios sobreviventes do acidente aéreo da Força Aérea Uruguaia Vôo 571 que caiu nos Andes em 13 de outubro de 1972, ao qual foi um dos patrocinadores da busca pelo local da queda do avião onde seu filho estava. 
Carlos Páez Vilaró (Montevidéu, 1 de novembro de 1923 — Punta Ballena, 24 de fevereiro de 2014) foi um dos grandes nomes das artes sul-americanas. Pintor, ceramista, escultor, muralista, escritor, compositor e empresário uruguaio, proprietário da famosa galeria de arte e hotel Casapueblo, monumento modelado com suas próprias mãos.

Em 1958 comprou um terreno de frente para o mar no leste da península pitoresca de Punta Ballena, então praticamente deserta, e construiu ali um pequeno chalé de madeira que com o tempo foi sendo ampliado e reformado até se transformar na "Casapueblo" (literalmente, "Casa-Vila", em espanhol). Denominada pelo próprio Vilaró como uma "escultura habitável", o complexo de cimento pintado de branco que se assemelhava a uma cidadela aos poucos deixou de ser apenas o seu lar e se converteu em seu ateliê, e, eventualmente, museu; embora tenha continuado a habitar o local, Vilaró continuou a expandi-lo continuamente, criando por vezes um quarto diferente para determinado hóspede, até que acabou por abrir uma seção do local aos turistas, transformando-a num hotel, que até hoje é uma das principais atrações turísticas do departamento de Maldonado. Segundo ele próprio, numa entrevista dada em 1979, "construi-a como se tratasse de uma escultura habitável, sem planejar antecipadamente, seguindo principalmente o meu entusiasmo. Quando o governo municipal me pediu, há pouco tempo, a planta do projeto - que eu não tinha - um amigo arquiteto teve que passar um mês estudando a maneira de decifrá-la."
Morreu aos 90 anos de idade, na Casapueblo, em Punta Ballena.[16] Seu filho declarou, por ocasião de sua morte: "Se realmente há uma frase apropriada a ele, é que descanse em paz. Nunca vi alguém que trabalhasse tanto. É um cara que trabalhou até o último momento. Até ontem. Então, que descanse em paz." Seu corpo foi velado no Palácio Legislativo da capital uruguaia.
 

 

 

 

Compartilhar
Curta nosso post
Please reload

Posts Em Destaque

Você sabia? Plaza de Toros - Uruguai

January 13, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Não somos só uma agência de turismo, somos uma família!

Porto Alegre/RS

55 (51) 992241579

55 (51) 32174371

Moving Turismo Inscrito no CNPJ 29.711.123/0001-12 CNAE 79.11-2/00

CADASTUR Nº 23.093364.10.0001-3

© Todos os direitos reservados a Moving Turismo. Criado por JP Art Designer